Menu Início

O início…

Caminho-de-Santiago-de-Compostela

Boa noite, Cetê! Minha viagem inicia-se agora, no preparo, no planejar. Começo lembrando que a ideia partiu de uma conversa nossa. O sonho era seu, fazer o caminho de Santiago de Compostela, mas acabei tomando-o pra mim. Você disse “o único compromisso é chegar”. Olhei a distância no mapa, 800 Km, e respondi, um tanto ou quanto cética, “a pé?!”. “E de que outro jeito seria?! Entre 32 e 35 dias é possível”, falou, decidido. Depois da conversa, você foi embora e fiquei olhando o mapa… Quando me dei conta, as passagens estavam compradas. Entusiasmada, fui contar pra você – lembra-se? – e ouvi um “nada como ser livre!”. Cetê, juro, deu uma pontada no coração! Se tivesse um jeito, eu passava a mão em você e iríamos, juntos, para essa aventura. Mas não tinha. Foi por isso que, quando imaginei esse espaço, onde pretendo narrar minha peregrinação, resolvi dedicá-lo a você, meu amigo. É pra você que vou contar, em detalhes, minhas venturas e desventuras. Outros vão participar, mas todos saberão que essas cartas são para Cetê.

Anúncios

18 respostas

  1. Dea pensei que você já estivesse acostumada com o imponderável em sua vida, ele entra sem pedir permissão ou desculpas
    Como diz Carpinejar, “Ele é uma criança grande e desengonçada, com humor sarcástico de um velho ranzinza.” É ele que esta presente quando depois de vários meses de saídas e flertes, ensaios de discurso, vamos pedir aquela pessoa por quem estamos apaixonados, e que tudo parece perfeito, até que o Imponderável aparece no portão e você não diz nada do que sente e nunca mais tem coragem de revelar.
    O imponderável tem a capacidade de transformar o impossível em possível e o possível em fracasso, porém ele nos devolve a humildade e nos faz perceber que a vida é muito curta para se viver com razão, e que mais vale, é viver intensamente cada minuto pois ele é único, e você sabe muito bem fazer isto.
    Boa viagem

    Curtido por 1 pessoa

    1. Walter, estou em Pamplona. Saindo daqui a pouco. Através do FaceBoook você fica mais atualizado quanto a esse aspecto. O blog está, sempre, um pouco defasado. Como a coruja da Filosofia. 😉
      Veja, lá embaixo, as postagens.

      Curtir

    1. Carlos querido, seu pai tinha toda razão em classificar assim pessoas como eu. Que desgraça! Mas estou iniciando novo caminho, o da escrita mais disciplinada. Estou escrevendo contos – espero ir até o fim! Seu empurrão é precioso, porque me devolve a vontade de retornar para cá. Se continuar a história do meu caminho, não terá a mesma pegada de quando eu estava mergulhada na aventura de realizá-lo, um novo olhar será inevitável. Ainda assim, penso que seria válido. Obrigada! Beijão

      Curtir

Deixe um comentário.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s